Governo volta atrás e mantém alíquota de 7% para carnes de frango e suínos produzidas e vendidas dentro do Estado

 em Manchete

Depois de muita luta e reuniões com o Secretário de Estado da Fazenda, finalmente veio a boa notícia: o Governo do Estado anunciou que irá manter a alíquota de ICMS para carnes de frango e suínos produzidas e vendidas dentro do Estado em 7%.

Em uma revisão de benefícios fiscais, a Secretaria de Estado da Fazenda tinha mudado a alíquota para 12%, o que prejudicou os pequenos frigoríficos, já que nosso Estado era o único do país com uma alíquota mais alta. Assim, nossos produtores estavam perdendo em competitividade.

Weber, juntamente com outros parlamentares, estavam lutando por essa situação e comemoram essa conquista: “É uma vitória para o setor do agronegócio. Estamos reconhecendo a importância dos pequenos frigoríficos, que chegam a cerca de 250, na geração de empregos e renda para nosso Estado. Muito obrigado ao Secretário Paulo Eli e ao Governador”.

Postagens Recentes