Weber tem 25 indicações aprovadas em Plenário em um único dia na ALESC

 em Ação Parlamentar

Nessa quinta-feira (4) durante sessão ordinária da ALESC foram aprovadas em Plenário 25 indicações de autoria do Deputado Estadual Volnei Weber. Deste número 18 foram focadas na área de infraestrutura solicitando recuperação de pista e acostamentos, serviços de podas das vegetações laterais e restauração de placas de sinalização na SC 108, trechos entre os municípios de Ermo e Jacinto Machado e entre Turvo e Meleiro, SC 449 entre Sombrio e Balneário Gaivota e entre Sombrio e Jacinto Machado, e SC 447 entre os municípios de Araranguá e Balneário Arroio do Silva e entre Araranguá e Meleiro. Também foi solicitado a pavimentação asfáltica da SC 390 no trecho de acesso ao município de Pedras Grandes, na Rodovia que liga o município de Rio Fortuna ao distrito Pinheiral em Braço do Norte, na SC 435 entre os municípios de São Martinho e São Bonifácio, SC 437 entre Pescaria Brava e Imaruí, na Rodovia que liga os municípios de Santa Rosa de Lima e Anitápolis e na Rodovia dos Imigrantes no município de Sangão e entre os municípios de Pedras Grandes e Urussanga. Outro pedido no setor de infraestrutura foi a construção de um viaduto no trevo da SC 447, que dá acesso às praias, no sentido Araranguá – Balneário Arroio do Silva, e a construção do Trevo Alemão na SC 108, no acesso entre os municípios de São Ludgero e Braço do Norte. Outra indicação foi para que seja feito o nivelamento da pista com a ponte da SC 108 no município de São João do Sul, e também pedi a recuperação asfáltica da SC 108 entre os municípios de Braço do Norte e Rio Fortuna.

Além disso, Weber pediu a retomada imediata das obras da Serra do Corvo Branco, entre os municípios de Grão Pará e Urubici. “A Serra é uma de minhas principais lutas como parlamentar por ser uma importante e estratégica ligação entre a região Sul e a Serra, além de ter potencial turístico inegável. Esperamos que o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura possa atender essa necessidade o quanto antes”, explicou o parlamentar.

Outra indicação foi para a CELESC solicitando a ampliação da rede de distribuição da Cooperativa de Eletricidade do município de Grão Pará (CERGAPA). A cooperativa atende os municípios de Grão Pará, Braço do Norte e Rio Fortuna, com mais de 4.000 associados. Ocorre que as constantes quedas de energia e a grande demanda de consumo tem ocasionados prejuízos econômicos e interferindo no desenvolvimento da região.

Weber sugeriu a Secretaria de Estado da Saúde a criação de um Programa de Prevenção de Acidentes Domésticos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, nesse período pandêmico, os casos de acidentes domésticos aumentaram em 30%. “Aumentou também o número de pessoas lesionadas por conta de exercícios físicos realizados em casa sem orientação de profissionais especializados. Por isso, acredito que seja de extrema importância que os catarinenses possam ter orientações específicas e didáticas sobre essas questões”, argumenta Weber.

Na área da Educação, o parlamentar pediu que o Governo do Estado providencie a cobertura das quadras poliesportivas das escolas públicas estaduais. Isso porque os alunos e professores ficam expostos as radiações solares em dias de calor podendo desenvolver sérios problemas de pele em virtude do longo período de exposição ao sol, e terem suas atividades canceladas nos dias de chuva. A cobertura contribuirá para a saúde de alunos e professores e também para o bom andamento do calendário de atividades esportivas das instituições de ensino.

Ainda na educação, foi protocolada uma indicação ao Governo do Estado solicitando para que seja incluída a disciplina de educação ambiental na rede pública estadual de ensino. De acordo com a Constituição: “todos tem direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado e cabe ao Poder Público a promoção da educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente”.

Já na área social, o Deputado encaminhou uma indicação à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social solicitando para que seja implementada assessoria gratuita em informática nos órgãos públicos estaduais aos idosos. “A tecnologia vem mudando rapidamente e drasticamente nossas vidas, ainda mais agora nesse período de pandemia, mas não podemos esquecer dos idosos, principalmente aqueles com pouca escolaridade. Por isso, minha sugestão é que os órgãos estaduais prestem presencialmente assessoria em funções como agendamentos, solicitação de documentos, enfim, em tarefas que hoje já podemos realizar virtualmente, mas que acaba sendo um transtorno para quem seja excluído digitalmente, seja por falta de conhecimento, seja por falta de recursos materiais”, justifica.

E por fim, foi solicitada através da Secretaria de Estado da Fazenda uma indicação que pede a isenção de taxas e multas para regularização de veículos recuperados após roubo ou furto. “Não vejo lógica além de todo o trauma e transtornos que o cidadão passa, ainda ter que assumir custos para a regularização do veículo”, explicou Weber.

 

 

Postagens Recomendadas